Lean Canvas

Descubra o que é Lean Canvas e como isso pode te ajudar a estruturar o produto de uma startup! Inove com mais clareza e chances de sucesso!

SUMÁRIO

Você já ouviu falar em Lean Canvas? Esse é um método excelente para quem quer criar uma startup ou um novo produto, mas não sabe por onde começar. 

Dentro do conceito, podemos encontrar nove passos que ajudam a estruturar o seu modelo de negócios e, dessa forma, aumentar as suas próprias chances de sucesso. 

Excelente, não é mesmo? Então, continue a leitura e veja como dar o primeiro passo!

Receba uma consultoria de OKR completa e personalizada. Saiba como!

O Que É o Lean Canvas?

O Lean Canvas é um método baseado no Business Model Canvas (Canvas de Modelo de Negócios) e serve para estruturar uma startup e seu produto em início de atuação no mercado. 

Na prática, o novo empreendedor deve adicionar algumas características da empresa no canvas, a fim de validar as suas próprias hipóteses.

O método foi criado por Ash Maurya, empreendedor, palestrante e conhecido por seus conselhos práticos para que está construindo novas empresas e produtos.

Como Funciona o Lean Canvas?

O Lean Canvas funciona como um quadro composto por nove pontos, todos relacionados à estruturação da startup (público-alvo, proposta de valor, receita, custos, problemas, soluções, vantagem competitiva e mais). 

Todos os tópicos precisam ser preenchidos, conforme as características da nova empresa. No fim, é possível ter a resposta do quanto o investimento pode ser valioso.

Qual a Importância do Lean Canvas Para o Desenvolvimento de Uma Startup?

Agora que você já sabe o que é o Lean Canvas, é preciso entender a importância dele. 

O fato é que liderar um novo negócio e um novo produto é extremamente diferente de outras atuações profissionais.

É por isso que muita gente, às vezes, até tem uma ideia bacana, mas não sabe o que fazer no início. 

Como esse investimento no novo negócio é mesmo desafiador, então, o melhor é estruturar bem a sua ideia. Assim, você correrá menos riscos.

Essa precaução é 100% viável com o Lean Canvas!

O método mostra se a nova empresa à vista tem realmente características de uma startup: proposta de valor inovadora para os clientes e estrutura escalável. 

Além disso, o quadro faz com que o empreendedor entenda o mercado mais rápido, ou seja, diminui o investimento em dinheiro e tempo. 

Quais os Blocos do Lean Canvas?

Mas, afinal, por onde começar? A seguir, você confere o passo a passo do Lean Canvas. 

Segmento de Clientes

Você realmente sabe quem são os seus clientes em potencial? Qual o perfil deles?

Quais as características do seu cliente ideal? É preciso ter essa definição muito bem clara. 

Além disso, caso haja mais de uma persona, recomendamos que você desenvolva um Lean Canvas para cada uma delas. 

Todo o cuidado e atenção nessa parte é fundamental, até porque, sem resolver os problemas da persona, o negócio fica sem sentido. 

Problema

Aqui, basicamente, você deve colocar quais são os principais problemas dos clientes que a sua startup está disposta a resolver. 

Quais problemas surgem na vida de seus clientes-alvo, para os quais eles irão querer seu produto? Descreva bem esses problemas!

Solução

Já no tópico solução, o empreendedor deve dizer quais são as soluções aplicadas aos produtos ou serviços desenvolvidos. 

Esboce o produto mais simples que você poderia construir para resolver cada problema identificado anteriormente.

Cabe aqui, também, a criação de um MVP (produto mínimo viável), que representa um produto de baixo custo para a startup. Ele serve para entender a reação do consumidor e do mercado no geral. 

O que é o Lean Canvas?

Fluxos de Receitas

Mais uma parte do método em pauta é estabelecer o valor dos produtos e serviços. Algumas perguntas a serem respondidas aqui são:

  • De onde virá a receita?
  • De que forma você irá cobrar pelos produtos e serviços?
  • Como teremos lucro?
  • Haverá preços diferentes para produtos e pessoas diferentes?

Proposta Única de Valor

Lembre-se: uma startup precisa apresentar e oferecer um serviço de valor. Então, qual é o seu?

Por que seu produto é diferente e merece atenção? Qual a essência dele em poucas palavras? 

É preciso realmente agregar mais valor ao seu público-alvo. Pense e anote, neste tópico, quais são os seus diferenciais. 

Canais

Neste bloco você deve pensar nos caminhos para chegar até os clientes mapeados.

A tarefa, nesta etapa, é pensar e definir por quais canais de comunicação você divulgará os seus produtos e/ou serviços. 

Claro, pense sempre naquilo que for mais acessível para o seu bolso e, também, para os seus clientes. 

Métricas-chave

Aqui, você deve escolher as métricas chave que representam o sucesso do seu negócio e seu produto e, consequentemente, em sucesso da sua startup

Como saber se seu negócio está funcionando conforme o esperado? As métricas-chave devem responder a essa pergunta.

Estrutura de Custos

A gestão de custos é um ponto-chave para qualquer negócio, sem isso, não é possível entender a viabilidade financeira do negócio, manter as contas em dia e ter o lucro previsto. 

Sendo assim, anote todos os custos fixos e variáveis relacionados ao negócio. 

Vantagem Competitiva

Por fim, mas não menos importante, pare alguns minutos e estabeleça quais são os diferenciais do novo negócio. 

O nome original deste bloco é "Unfair Advantage" (vantagem desleal, na tradução literal). 

Afinal, é preciso realmente agregar valor ao cliente e, mais do que isso, fazer a diferença no mercado. 

Pense que, nos últimos nove anos, o número de startups, no Brasil, cresceu 20 vezes. Ou seja, é necessário pensar bastante para se destacar em meio a tanta novidade. 

O que o torna exclusivamente capaz de resolver os problemas identificados? O que o torna difícil de ser copiado? Responda a essas perguntas neste bloco.

Como Preencher o Lean Canvas?

O Lean Canvas deve ser preenchido passo a passo, sempre pensando nas hipóteses da sua startup. 

Dica: independente se você está usando um canvas físico (papel) ou digital, não escreva diretamente no canvas. Utilize post-its para ter mais flexibilidade.

Então, com base no que mostrei no parágrafo anterior, você deve responder aos seguintes tópicos: 

  • Problema
  • Segmento de Clientes;
  • Solução;
  • Fluxos de Receitas;
  • Proposta Única de Valor;
  • Canais;
  • Métricas-chave;
  • Estrutura de Custos;
  • Vantagem Competitiva. 

Essa sequencia acima é uma sugestão, mas o Lean Canvas pode ser preenchido de forma iterativa e não linear.

No Lean Canvas, todos esses elementos ficam dispostos em um quadro. Veja um exemplo simplificado de um negócio de cervejas orgânicas:

Lean Canvas Thomaz Ribas

Imagem: tommorkes.com

Dessa forma, fica bem mais fácil visualizar todos os aspectos, depois que você tiver preenchido tudo, claro. 

Quais os blocos do Lean Canvas?

Qual a Diferença Entre o Business Model Canvas e o Lean Canvas?

Business Model Canvas

O Business Model Canvas (Quadro de Modelo de Negócios) serve para o empreendedor estruturar a empresa de uma forma mais estratégica, pensando na criação ou na reformulação de um modelo de negócios. 

O método não só pensa no cliente e na proposta de valor, como também nos recursos usados e nas atividades-chave. É um jeito amplo de pensar nos negócios. 

Lean Canvas

O Lean Canvas, por sua vez, também ajuda na estruturação da empresa, mas o foco aqui é a tríade: cliente-problema-solução. Ou seja, ele é específico e não tão amplo quanto o Business Model Canvas. 

Justamente por tudo isso, o Lean é muito indicado para startups, pois foca no tipo de produto a ser lançado, naquilo que tem o poder de solucionar problemas e, assim, agregar muito valor aos olhos do cliente. 

Precisa de ajuda para melhorar seu processo de OKR? Conheça nossa consultoria.

Conclusão 

Agora você já tem todo o conhecimento necessário sobre Lean Canvas para dar os primeiros passos. Então não fique só na teoria, é fundamental “colocar a mão na massa” e definir os pontos da sua startup. 

Aliás, para um resultado bem-sucedido, também é preciso pensar nos objetivos e resultados-chave dos negócios. 

Sobre isso, você pode contar com a minha consultoria em OKR, além de outros conteúdos aqui do blog Thomaz Ribas

Aproveite e comece o seu empreendimento da melhor maneira! 

Thomaz Ribas OKR

Sobre Thomaz Ribas 

Ele é especialista em OKR e Agilidade para os Negócios, consultor, facilitador e coach empresarial. Thomaz atua lado a lado com executivos, líderes e equipes, desde startups até grandes multinacionais, guiando-os na sua jornada rumo a abordagens de gestão mais ágeis e eficazes, para que possam prosperar nesta nova economia.

Saiba mais

Guia Introdutório de OKR

Mais acessados

Outros temas relacionados

A internet se tornou um grande meio de comunicação e vendas para as empresas. ...

Gestão de Produtos Digitais: O Que É e Qual a Sua Importância?

Um dos papéis mais procurados pelas empresas nos últimos anos é o de Product ...

O que é e o Que Faz um Product Manager?

Quer receber conteúdos como esse gratuitamente?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos diretamente no seu email e ficar por dentro das novidades.

>