Diferença entre OKR e KPI

Se a empresa está competindo em um mercado altamente volátil ou está simplesmente precisando executar a estratégia com mais eficiência, OKR tem se provado uma ótima abordagem. Mas qual a diferença entre OKR e KPI?

Rota de colisão

Cerca de 2 anos atrás, uma aeronave Airbus A330-200 da companhia Air Seychelles com capacidade para 277 passageiros ia das Ilhas Seychelles para as Ilhas Maurício. Em um determinado momento durante o voo, uma outra aeronave Airbus A380-800 com capacidade para 615 pessoas da empresa Emirates ficou na mesma altitude da aeronave da Air Seychelles, pois o piloto não informou sua altura de voo corretamente para o Controle de Tráfego Aéreo.

Importância dos KPIs

Antes contar o que aconteceu no fato real acima, me permita dar um mergulho na diferença entre KPI e OKR.

Tendo atuado por mais de 12 anos como gestor em diferentes empresas, uma das minhas principais atividades era elaborar planilhas de indicadores e acompanhar os famosos KPIs (Key Performance Indicators ou Indicadores Chave de Desempenho). Definir e acompanhar indicadores é sem dúvida uma das principais responsabilidades de qualquer gestor.

Porém, recentemente temos vivido uma verdadeira fixação por métricas, seguida de uma pressão para medir performance a qualquer custo.  Certa vez um executivo pediu pra que eu avaliasse os KPIs da sua empresa. Ele abriu uma planilha e lá estavam 49 indicadores. “Aí estão nossos KPIs! Agora é só definir os OKRs certo?”, disse ele.

A partir desta conversa, iniciamos um processo de Mentoria em OKR. Nas semanas seguintes o executivo foi tendo mais clareza sobre a diferença entre KPI e OKR, usando ambos ao seu favor para alavancar resultados em seu negócio.

O que é KPI?

Toda empresa possui processos que são executados de forma contínua para manter o negócio operando. Exemplos: negociação de contratos, vendas, atendimento ao cliente, publicação de conteúdo, etc. Esses processos também são chamados de Business as Usual (BAU).

KPIs (Key Performance Indicators) são indicadores que ajudam a empresa a definir quais partes do negócio são críticas e principalmente ajudam a medir os processos e a saúde do negócio (por isso são também chamados de Health Metrics ou Guardrail Metrics).

Um KPI consiste dos seguintes elementos:

  • Indicador: aquilo que se deseja medir;
  • Valor atual: o valor do indicador medido em um determinado momento;
  • Limites: Valor ou intervalo no qual o indicador deve ser mantido para que o estado seja considerado saudável.

Um KPI pode ser derivado da estratégia da organização ou de benchmarks do setor. Por exemplo, um dos meus clientes definiu a Taxa de Abandono de Clientes (Churn Rate) como um KPI. No contexto específico desta empresa, definiu-se que este KPI deveria sempre ficar abaixo de 2%.

Para tirar vantagem de KPIs é preciso compreender o real significado da letra “K” dessa sigla, que representa a palavra “key” (chave). Como diz Patrick Lencioni: se tudo é importante, nada é importante.

Fonte: https://quotefancy.com

Em resumo, uma empresa precisa definir poucos KPIs para ser eficaz (mais do que eficiente). O gestor precisa conseguir facilmente lembrar de todos eles. Uma empresa com 39 KPIs provavelmente está medindo muito mas com pouco foco estratégico.

E os OKRs?

No meu ebook de OKR (que você pode baixar aqui) eu explico mais sobre a anatomia de um OKR e vou mais a fundo no tema. Mas basicamente os OKRs definem quais conquistas ou mudanças de desempenho precisam acontecer dentro de um período específico de tempo (exemplo: 1 trimestre) em uma empresa ou time.

OKRs ajudam a medir se as melhorias realmente estão sendo conquistadas ao longo do período. Uma vez definidas essas conquistas ou mudanças (resultados a serem atingidos), a empresa então define quais iniciativas serão priorizadas para conquistá-las.

Se um determinado KPI da empresa começa a apresentar uma mudança inesperada que pode prejudicar o negócio, a empresa pode definir OKRs para correção ou para um aumento de desempenho.

Alguns KPIs podem estar presentes em OKRs (especificamente nos Key Results). Exemplos:

  • Receita
  • Taxa de crescimento
  • Usuários ativos
  • Qualidade
  • Market share
  • Satisfação dos clientes
  • Satisfação dos colaboradores

Diferentemente dos KPIs, os OKRs são temporários. Eles são redefinidos de tempos em tempos, de acordo com aquilo que é mais importante para a empresa em um determinado momento. OKR é sobre mudança de comportamento, e não sobre simples medição.

De volta às aeronaves em rota de acidente…

Ao perceber que as aeronaves estavam a poucos quilômetros de se colidir, o piloto da Air Seychelles iniciou um alerta do sistema de prevenção de colisão e foi capaz de dar uma guinada para a direita quando os dois aviões estavam a apenas 13,8 km de distância, evitando o acidente fatal.

Qual a relação dessa história com KPI e OKR?

Fonte: airbus.com – cockpit virtual visit

O cockpit de um Airbus possui diversas informações para que os pilotos possam atingir seu objetivo (levar a aeronave com sucesso até o destino). Essas informações (indicadores) são constantemente monitoradas durante o voo.

Porém, somente monitorar os indicadores não iria evitar o acidente. Com base nos indicadores e na situação do momento, o piloto definiu um novo objetivo: evitar o acidente. Para isso, ele definiu uma nova rota e agiu.

O mapa abaixo mostra a mudança repentina na trajetória do voo da Air Seychelles.

Fonte: The Aviation Herald/Google EarthFonte: The Aviation Herald/Google Earth

Utilizando a história relatada acima, podemos dizer que OKR é o sistema de navegação da aeronave, pois ajuda a empresa a saber se está indo rumo ao seu objetivo estratégico (no exemplo, chegar ao destino com segurança) e fazer mudanças de rota se necessário. Já os KPIs são as informações do cockpit que lhe dizem como está a situação do seu voo.

KPIs e OKRs são coisas diferentes, mas a empresa precisa de ambos para transformar sua estratégia em execução. OKR pode ser visto como uma abordagem para influenciar ativamente os KPIs, trazendo efeitos positivos para a organização.

Grande abraço!Thomaz Ribas

Veja aqui como podemos ajudá-lo com OKRs.

Conclusão

About the Author Thomaz Ribas

Thomaz esteve à frente de equipes e empresas, desde startups até multinacionais, tendo atuado como agile coach, diretor e c-level. Hoje, através de sua consultoria, workshops e programas de mentoria, Thomaz ajuda empresas e líderes na adoção de abordagens modernas de gestão e liderança para que sejam mais ágeis e tenham mais resultado nesta nova economia.

follow me on:
>